Encontro entre Organizações pelo Direito ao Lugar

 

No dia 7 de julho teve lugar na Fundação Calouste Gulbenkian um encontro que reuniu 33 pessoas ligadas a organizações que, ao longo dos últimos 2 anos, contribuíram para a elaboração da Carta Aberta pelo Direito ao Lugar. Para além de pessoas que habitam na grande Lisboa, contámos com a participação de outras vindas de Coimbra, Condeixa, Lousã e Penela. 

 

Foi um momento de reunião e celebração desenvolvido a partir de diferentes linguagens, desde o teatro, à conversa e ao desenho. 

 

Com o apoio da Companhia de Teatro Playback “In Verso”, refletimos sobre o Direito ao Lugar a partir de histórias vividas por participantes que falaram sobre as suas relações com os Lugares que sentem como seus. Revisitámos o  projeto LigAções e as pessoas presentes tiveram oportunidade de fazer comentários de balanço sobre este processo coletivo. Escutámos e deixámo-nos interpelar pelas reflexões de João Ferrão e Luísa Teotónio Pereira sobre o tema da influência política e de Abel Coentrão sobre a relação da sociedade civil com os Média. A partir destas partilhas, refletimos, em conjunto, sobre as aprendizagens a retirar a partir do percurso partilhado no LigAções e terminámos a “desenhar coletivamente” futuros possíveis para a nossa Carta Aberta pelo Direito ao Lugar, com o apoio de Carlos Guerreiro.
 

Fazemos um balanço muito positivo deste encontro que permitiu o aprofundamento das ligações entre as pessoas envolvidas no projeto e a sistematização de aprendizagens úteis em futuros processos colaborativos e de influência política. O encontro permitiu ainda uma paragem para pensarmos em conjunto o futuro que queremos construir. Obrigada a todas as pessoas que estiveram presentes e tornaram possível este percurso e este dia!

 

previous arrow
next arrow
Slider