Se identifica a nossa missão como sua, contribua com o seu donativo e torne-se benfeitor da Fundação Gonçalo da Silveira.

Existem várias formas de fazer um donativo, quer seja regular ou esporádico. Por favor escolha uma das seguintes opções:

Montepio: IBAN PT50 0036 000099105887921 63

Millennium BCP: IBAN PT50 0033 000045270952742 05

Envie o seu donativo à ordem da Fundação Gonçalo da Silveira para a nossa morada: 

Estrada da Torre, nº 26, 1750-296 Lisboa

Um sistema cómodo, que pode cancelar quando entender.

Basta preencher e enviar-nos o formulário de autorização de débito direto que se encontra aqui. Escolha a quantia e a periodicidade do seu donativo. Depois o seu banco processará o donativo sem que tenha de nos enviar cheques ou fazer transferências. Sem esquecimentos ou preocupações! 

Nos termos previstos na Lei, todos os donativos feitos à Fundação Gonçalo da Silveira são passíveis de dedução à coleta. No caso de particulares, o donativo é dedutível à coleta do IRS, nos termos do artigo 63º do Estatuto dos Benefícios Fiscais (EBF). No caso das empresas, o donativo é considerado como custo do exercício, ao abrigo da alínea e) do nº63 do artigo 62 do Estatuto dos Benefícios Fiscais.

Caso pretenda recibo para dedução fiscal, envie por favor um email para comunicacao@fgs.org.pt com os seguintes dados: comprovativo, nome, morada e número de contribuinte. Para o devido cumprimento de procedimentos fiscais, a FGS emite recibos até ao dia 27 de fevereiro do ano seguinte ao da data de doação. Por favor faça-nos chegar o seu pedido sempre antes desta data. 

Os donativos efetuados à FGS serão aplicados em projetos que visam apoiar as comunidades mais desfavorecidas, nos setores da comunicação e do desenvolvimento rural, e (in)formar e consciencializar a sociedade portuguesa em geral, para um maior compromisso com a igualdade e justiça social.