Organizações-membro da Rede Xavier recebem a visita de duas pessoas da Amazónia para falar sobre Educação e Ecologia

No âmbito do projeto Amazonía: Cuidando de la Casa Comúm (Venezuela, Equador, Perú, Bolívia e Brasil), Maria Teresa Uruena e Elluz Pernia passarão, ao longo de 3 semanas, por várias cidades da Europa, com o intuito de estabelecer um intercâmbio de informação e conhecimento com algumas organizações-membro da Rede Xavier – uma rede internacional de desenvolvimento de organizações jesuítas. Em Lisboa, serão recebidas pela Fundação Gonçalo da Silveira, ONGD dos jesuítas em Portugal, entre 2 e 7 de junho.

Da vontade de contribuir para uma consciência pan-amazónica que recupere o sentimento de solidariedade entre os povos amazónicos e indígenas e reforce a sua identidade, nasce o projeto Amazonia: Cuidando de la Casa Común. Este, através de processos de educação e sensibilização nos vários centros educativos da organização Fe y Alegría, assenta em três linhas de ação: educação intercultural, educação bilingue e cuidado com a Natureza. É promovido pelo projeto Pan-Amazónico (PAMSJ) da Conferencia de los Proviciales Jesuitas de América Latina(CPAL), em parceria com a Fe y Alegría.

Maria Teresa Uruena, colombiana e coordenadora da área de sensibilização e formação do Serviço Jesuíta Panamazónico (SJPAM), é doutorada em Estudos Amazónicos e é a técnica perita que acompanha a implementação do eixo ambiental do projeto com a Fe y Alegría. Elluz Pernia é venezuelana e professora num dos Centros Educativos da Fe y Alegria (Santa Teresa de Uairen). Juntas, visitarão Nuremberga (Jesuiten Mission), Madrid (Entreculturas), Lisboa (Fundação Gonçalo da Silveira) e Bilbao (Alboan), com o objetivo de alertar e sensibilizar os cidadãos europeus para o impacto do modelo de consumo baseado no acesso e controlo dos recursos naturais do Hemisfério Sul, apresentando o projeto que tem sido desenvolvido na Pan-Amazónia, onde a educação tem um pape3l chave no reforço da identidade Pan-Amazónica.

Em Lisboa, especificamente, participarão como conferencistas em dois seminários no âmbito do projeto Escolas Transformadoras: um na Escola Superior de Educação (ESE) do Instituto Politécnico Beja (03/06), e outro na ESE do IPViana do Castelo (05/06). Por fim, participarão numa conversa-debate sobre Educação e Ecologia “Pára, escuta e transforma: interpelações da Amazónia”, no dia 6 de Junho, às 17:30h, no CUPAV – Estrada da Torre, 26, Lumiar, Lisboa. Conversa aberta a todos/as aqueles/as com interesse no tema.