O projeto “A Escola, ser vivo dentro de um Ecossistema” tem como objetivo principal contribuir para o enraizamento de uma cultura de Cidadania Global no seio da escola através da integração da Educação para o Desenvolvimento e da Educação para a Cidadania Global nos espaços e tempos não letivos.

Durante três anos, a implementação de um processo de investigação-reflexão-ação permitirá cimentar noções, visões e formas de fazer e atuar, em cidadania global, num grupo de estudantes e docentes de duas escolas secundárias, que poderão ser dinamizadores, dentro do espaço escolar ou outros, de processos de natureza semelhante.


Parceria

CIDAC – Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amilcar Cabral

FGS – Fundação Gonçalo da Silveira


Contextualização temporal, atividades e resultados

As atividades do projeto ocorrerão entre maio de 2018 e junho de 2021. No âmbito da sustentabilidade e da visão da escola como ator de um ecossistema, seguem-se as atividades a que o projeto se propõe:

– Criação de um grupo de trabalho docentes-estudantes
– Diagnóstico de necessidades
– Formação em ED/ECG para docentes
– Encontro entre docentes para reflexão e partilha
– Organização de um evento sobre o tema do projeto
– Investigações a realizar pelos estudantes
– Partilha dos resultados das investigações
– Construção e implementação de uma estratégia de intervenção para melhorar as problemáticas identificadas nas escolas
– Intervenções nas escolas por parte dos grupos de estudantes
– Encontro final do projeto
– Criação e dinamização de núcleos documentais, a montar nas bibliotecas
– Encontros de trabalho e partilha entre agrupamentos

O projeto prevê dois principais resultados e uma vasta abrangência dos mesmos:


O projeto tem duração prevista de 3 anos (maio 2018 a junho 2021) e é promovido em conjunto pelo CIDAC – Centro de Intervenção para o Desenvolvimento Amilcar Cabral , FGS – Fundação Gonçalo da Silveira, e cofinanciado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.


Saiba mais…