Focado em três territórios – Covilhã, Faro e Ourém – o projeto EDxperimentar propõe reconhecer e potenciar o conhecimento que existe nas Escolas e nas Organizações da Sociedade Civil, estimulando relações entre elas através de espaços dedicados à reflexão e ação em Educação para o Desenvolvimento e para a Cidadania Global (ED/ECG).

Pretende-se assim dinamizar laboratórios vivenciais de cidadania(s) nas suas práticas diárias, propondo ir mais além da visão tradicional da aprendizagem dos direitos e dos deveres da cidadania. O projeto pretende também abordar a ED/ECG na vertente de influência política promovendo espaços de concertação entre atores com a finalidade de refletir sobre a melhoria das políticas públicas, à esfera local e nacional, a partir de iniciativas que promovam a discussão sobre a Educação para a Cidadania nas escolas.


Parceria:

FGS – Fundação Gonçalo da Silveira

Associação Casa Velha

Coolabora, CRL – Intervenção Social

Mandacaru – Cooperativa de Intervenção Social e Cultural, CRL


Contextualização temporal, atividades e resultados

As atividades a que o projeto se propõe, e que ocorrerão entre junho de 2019 e maio de 2022, são as seguintes:

– Mobilização e envolvimento das escolas
– Formação acreditada de docentes em ED/ECG
– Criação e acompanhamento de Laboratórios Pedagógicos de Cidadania Global&Desenvolvimento
– Encontros de partilha entre Laboratórios Pedagógicos de Cidadania Global&Desenvolvimento
– Sistematização das práticas e aprendizagens
– Encontros de discussão e reflexão com Organizações da Sociedade Civil
– Encontros de incidência política com entidades governamentais
– Encontro final EDxperimentar


O projeto prevê dois principais resultados e uma vasta abrangência dos mesmos:


O projeto tem duração prevista de 3 anos (junho 2019 a maio 2022). É promovido em conjunto pela FGS – Fundação Gonçalo da Silveira, Associação Casa Velha, Coolabora, CRL e Mandacaru – Cooperativa de Intervenção Social e Cultural, CRL, e cofinanciado pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.